Secretaria de Educação vai abrir Processo Seletivo para contratar temporários

Candidatos substituirão, temporariamente, professores ausentes das salas de aula; contratação não vai afetar convocação de concursados.

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto vai contratar cerca de 4 mil professores temporários para lecionar no ano letivo de 2020. O anúncio foi feito pelo secretário  Vicente Nogueira, que ressaltou que a contratação não vai afetar a convocação dos concursados. As datas dos processos e demais informações constarão no edital, previsto para o fim deste mês.

Vicente Nogueira explicou que, devido à abrangência da Secretaria de Educação, inevitavelmente, haverá a necessidade de professores temporários, já que há licenças por motivos de doenças, licenças-maternidade, licenças por motivos pessoais e afins.

“Chamaremos absolutamente todos os profissionais do magistério concursados dentro do número de vagas disponíveis e estamos trabalhando com o cadastro reserva para tal. Os temporários são profissionais que se submetem à seleção e havendo necessidade são convocados. Diferente dos concursados, que a posse é definitiva”, frisou o secretário.

As vagas a serem abertas no Processo Seletivo Simplificado (PSS) serão para substituir professores ausentes da sala de aula e também as vagas que não foram preenchidas por meio do concurso público realizado em 2018. Dessa forma, os aprovados no concurso não terão, de forma alguma, o direito garantido violado.

O Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) será o responsável pelo processo. “Estamos discutindo internamente o edital. Posso adiantar que será o Cetam que realizará, mas tão logo tenhamos as datas precisas deste edital, será comunicado à imprensa”, destacou o titular da Secretaria de Educação.

Foto: Ricardo Machado]

*Com informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Educação e Desporto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *