Governo do Rio de Janeiro autoriza volta do futebol sem público a partir deste sábado

O governo do Rio de Janeiro autorizou a volta do futebol no estado a partir deste sábado. O decreto assinado pelo governador Wilson Witzel e publicado no fim da noite de sexta no Diário Oficial libera a reabertura gradual da economia, incluindo alguns setores do comércio e da indústria, assim como também a prática de esportes em alto rendimento.

As medidas foram anunciadas no dia em que o Rio chegou a 6.473 mortes por Covid-19 e 63.066 casos confirmados. O estado diz, no entanto, que as decisões foram baseadas em dados que indicam a redução da pandemia no estado.

Secretaria de Estado de Saúde@SaudeGovRJ

O governador @wilsonwitzel autorizou, em decreto publicado em edição extra do Diário Oficial de hoje, a reabertura gradual da economia fluminense a partir deste sábado (06/06). A medida determina o funcionamento de alguns setores do comércio e da indústria.

View image on Twitter

31210:44 PM – Jun 5, 2020Twitter Ads info and privacy248 people are talking about this

A decisão do governo foi o passo que faltava para a retomada do Campeonato Carioca. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) já convocara os clubes da Série A do Estadual para a reunião do Conselho Arbitral, que acontecerá virtualmente neste sábado, às 15h (pelo horário de Brasília).

Secretaria de Estado de Saúde@SaudeGovRJ · 13hReplying to @SaudeGovRJ

O funcionamento dos parques, para a prática de esportes, também está permitido, desde que não haja aglomeração. Ficam autorizadas as atividades esportivas individuais ao ar livre, inclusive em praias e lagoas, preferencialmente próximo à residência.

Secretaria de Estado de Saúde@SaudeGovRJ

Atividades esportivas de alto rendimento passam a ser autorizadas, desde que sem público e com os devidos protocolos de higienização.

Na segunda-feira, a prefeitura do Rio anunciou medidas de flexibilização do isolamento social que preveem a permissão de jogos de futebol com 1/3 do público a partir de julho, e a utilização dos estádio do Maracanã (1/3 da capacidade, corresponde a 22 mil pessoas), São Januário (7 mil torcedores) e Nilton Santos (14 mil).

Com informações do Globo Esporte.Com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *